UOL

Guia Cultural

Peça LGBT Certos Rapazes segue em cartaz em BH e é finalista em três categorias do Prêmio Cenym

Em tempos de "cura gay", espetáculo aborda questão da sexualidade entre pessoas do mesmo sexo

Da redação

Escrita por Júnior de Sousa e Luís Villefort e dirigida por Maurício Canguçu, "Certos Rapazes - o nosso amor a gente inventa" mexe com um tabu que ainda angustia boa parte de nossa sociedade: como é ser gay e levar isso de forma natural em pleno século XXI. A peça conta a história de Guilherme ( Guilherme Neves ) e Pedro Henrique ( Gerson Marques ) dois rapazes que se conheceram num aplicativo, vão morar juntos, e constroem uma relação apesar da vida oposta que levam.

Em meio a juízes decretando homosexualidade como doença a ser tratada, a história faz um percurso inverso ao abordar o amor como uma manifestação natural do ser humano independente da sua orientação sexual. E tudo acontece num descontraído ritmo de comédia romântica. O cenário minimalista representa um quebra-cabeças onde tudo vai se encaixando no decorrer do espetáculo em meio ao turbilhão de emoções e reviravoltas que permeia a narrativa. 

A peça está concorrendo nas categorias Melhor Texto Original, Melhor Qualidade Artística, Melhor Trilha Sonora Fragmentada e Efeitos Sonoros do Prêmio Cenym da Academia para o Teatro Nacional. A cerimônia de entrega das estatuetas será em novembro, com Fernanda Montenegro como homenageada da noite.

 "Certos Rapazes - o nosso amor a gente inventa" está em cartaz na capital mineira até o dia 1º de outubro, no Teatro da Biblioteca Pública (Praça da Liberdade, 21 - Belo Horizonte/MG). Vendas pelo Posto Sinparc e site www.vaaoteatro.com.br . Não perca!

19/09/2017 - 20:35

Mais Notícias de Guia Cultural

Notícias em Destaque

Útimas Notícias

Sugestões Especiais